DOE AGORA

“Diante de tudo o que estamos acompanhando nos meios de comunicação, afirmo: aqui de perto, a realidade de Manaus é muito pior. O cenário é de guerra em busca de um elemento essencial: oxigênio. Precisamos evitar a todo custo que isso se espalhe mais”.

Nara Baré, coordenadora geral da COIAB

Oxigênio e alimentos para os povos indígenas já

Com o agravamento da emergência de saúde causada pela pandemia da Covid-19 em Manaus, que começa a se espalhar pelo estado do Amazonas e pelo Pará, o Fundo Brasil de Direitos Humanos está apoiando a COIAB em uma campanha para fornecer cilindros de oxigênio, alimentos e apoio logístico a comunidades indígenas na Amazônia. 

A COIAB (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira) é a maior organização indígena regional do país, criada e liderada por esses povos.

Com a ação Fundo de Apoio Emergencial: Covid-19 – Emergência Amazônia, o Fundo Brasil vai ajudar a COIAB a garantir 174 cilindros de oxigênio para 58 Casas de Saúde Indígena (Casais) e 2.000 cestas básicas para famílias indígenas de Manaus no primeiro momento. A meta global de arrecadação é de 6 milhões de reais para atender cerca de 400 mil pessoas em nove estados na Amazônia: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

VOU DOAR AGORA!

Os recursos captados no Fundo de Apoio Emergencial: Covid-19 – Emergência Amazônia serão integralmente destinados à campanha da COIAB. 

QUERO DOAR!

Conheça a COIAB

A COIAB foi criada em 1989 por lideranças indígenas na Amazônia brasileira. Tem a missão de defender os direitos dos povos indígenas a terra, saúde, educação, cultura e sustentabilidade, considerando a diversidade de povos e visando sua autonomia e protagonismo, por meio de articulação política e fortalecimento.

Em março de 2020, com a chegada da Covid-19 ao Brasil, a COIAB criou o Plano de Ação Emergencial de Combate ao Avanço do Coronavírus e de Tratamento entre os Povos Indígenas da Amazônia Brasileira. O plano vem sendo continuamente colocado em prática desde então. 

Agora, a COIAB reforça a campanha para fazer frente ao momento agudo da pandemia em Manaus e arredores. O objetivo é garantir pelo menos três cilindros de oxigênio a cada uma das 58 Casas de Saúde Indígena (Casais) da região, um total de 174 cilindros, e cestas básicas para 2.000 famílias, inicialmente.

Para fazer doações maiores e apoiar a estrutura logística da distribuição de insumos, ou para saber mais sobre a COIAB, clique no botão abaixo.

SAIBA MAIS