Projetos

Associação dos produtores pró-desenvolvimento de Linharinho

Agronegócio, discriminação e violação dos direitos quilombolas no Espírito Santo

Espírito Santo

Objetivos e público alvo

O projeto teve como objetivo elaborar uma cartografia social da cadeia produtiva do facho no território quilombola do Sapê do Norte.

Atividades principais

  • Oficinas sobre o acesso a direitos fundamentais
  • Seminário para debater o impacto do monocultivo de eucalipto no território quilombola do Sapê do Norte em parceria com entidades de Direitos Humanos.
  • Oficina de fotografia
  • Exposição itinerante nas escolas das comunidades quilombolas
  • Elaboração e publicação da cartografia social do facho

Contexto

O território quilombola Sapê do Norte – São Mateus e Conceição da Barra – abriga 36 comunidades quilombolas que resistiram ao processo de expulsão de seus territórios desencadeado pela monocultura de eucalipto, que provocou a perda de terras agricultáveis. As comunidades sobrevivem hoje do facho, o trabalho de destocar as áreas onde o eucalipto foi cortado, apanhar e transportar o material até os fornos para a produção de carvão vegetal e vendê-lo para terceiros.

Os jovens são mais vulneráveis, porque servem de mão-de-obra em carvoarias, têm baixa escolaridade, são expostos à precarização do trabalho e à expulsão dos seus territórios. A produção de carvão vegetal é uma das atividades em que mais se constatam violações de direitos humanos. Em diversas situações, a atividade acomoda formas de trabalho escravo.

 

Sobre a organização

Buscar a garantia dos direitos étnicos e territoriais das comunidades quilombolas com base no desenvolvimento humano é a missão da organização, criada em 2003 e voltada a atividades de formação em direitos humanos, oficinas de fortalecimento da identidade quilombola, implantação de telecentro e ação de geração de renda com mulheres da comunidade, entre outras.

Parcerias

Rede Mocambos
Rede Social de Justiça e Direitos Humanos
Balcão de Direitos
Universidade Federal do Espírito Santo, por meio dos projetos de extensão Territórios Quilombolas no Espírito Santo
Comissão Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas

Resultados

Durante o prazo de vigência do apoio, o grupo realizou de reuniões preparatórias e oficinas técnicas necessárias à produção da pretendida cartografia social, como fotografia e cartografia, até as entrevistas em campo, decupagem e edição. A Cartografia Social do Carvão no Sapê do Norte foi publicada posteriormente.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2008

Valor doado

R$ 24.970,00

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das populações quilombolas e tradicionais

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais