Projetos

Comitê Popular da Copa de Curitiba

Copa para quem? Comitê popular da Copa de Curitiba e a disputa pela cidade que queremos

Paraná

Objetivos e público alvo

Produzir informações e contrainformações necessárias sobre os impactos negativos da realização da Copa do Mundo; garantir a liberdade de manifestação, durante e após os jogos; o direito ao trabalho e a dignidade da pessoa humana e, por fim, a reparação das violações de direitos decorrentes do megaevento esportivo, sua divulgação à sociedade brasileira, aos órgãos estatais responsáveis por sua fiscalização e da comunidade internacional através de denúncias, estudos, manifestações públicas e monitoramento permanente.

Atividades principais

  • Realização de encontros para discussão com diversos segmentos da sociedade sobre as questões dos Megaeventos em Curitiba e região metropolitana.
  • Oficinas de formação e capacitação, com a produção de materiais específicos para essas ações, como panfletos e apostilas.
  • Produção de vídeos, panfletos e a produção de material gráfico que dê visibilidade aos casos de remoções e violações do direito à moradia.
  • Formalização de denúncias levantadas no dossiê local perante os órgãos competentes; continuar o assessoramento de comunidades atingidas para garantia do direito à moradia digna; contra os processos já em andamento de higienização.
  • Participação no 1º Encontro dos Atingidos pelos Megaeventos e Megaprojetos no Brasil.

Contexto

As manifestações de junho de 2013 e a crítica a Copa da FIFA pelas multidões reforçaram a necessidade de produção de informação qualificada em relação ao Mundial de 2014. A repressão violenta e autoritária às mobilizações, que se visualiza por todo país, colocam o imperativo de garantir os direitos conquistados pela sociedade brasileira, tais como a liberdade de manifestação, direito ao trabalho, direito à moradia digna e, em especial, a dignidade da pessoa humana. A proximidade das eleições nacionais e estaduais tenciona no sentido uma polarização e politização das críticas ao megaevento, onde será imprescindível a produção de contra-informação para desconstruir críticas vazias relacionadas a partidarismos e reforçar o trabalho já desenvolvido pelos comitês, cuja crítica concentra no modelo de desenvolvimento elitista e privatista, criando situações de exceção, criminalização de movimentos sociais e violação de direitos humanos, em especial das populações de baixa renda.

Sobre a organização

O Comitê Popular da Copa de Curitiba consiste numa articulação de atores da sociedade civil (Movimentos Sociais, ONGs, Universidades, Sindicatos, Coletivos Independentes de Cultura e Mídia e Comunidades Afetadas) e cidadãos. A missão dessa articulação é defender os direitos humanos e denunciar as violações cometidas nos processos de intervenção urbana associados à preparação da capital paranaense para sediar a Copa do Mundo FIFA 2014, bem como monitorar e produzir informação sobre tais impactos.

 

Parcerias

O Comitê Popular da Copa de Curitiba (CPC) é composto por representantes de mais de 30 entidades. Além disso, o Comitê compõe a Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa - ANCOP.

Resultados

O projeto possibilitou a realização de aulas públicas, oficinas de multiplicadores, lançamento e impressão do Dossiê Nacional da Ancop (Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa) e assessoria popular.

Linha de Apoio

Megaeventos Esportivos (2014)

Ano

2014

Valor doado

R$ 29.020,00

Duração

7 meses

Temática principal

Direito a cidades justas e sustentáveis

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais