Projetos

Conselho dos Professores Indígenas da Amazônia

O COPIAM: conhecendo, resgatando e defendendo nossas raizes e nossos direitos

Amazonas

Objetivos e público alvo

Publicar um livro sobre a história da organização e os processos de luta pela educação indígena e sobre a legislação referente ao tema na perspectiva dos educadores indígenas. Aprofundar três grandes tópicos na publicação: a história dos povos indígenas da Amazônia; a recuperação da memória da história da luta do Copiam – uma vez que grande parte da legislação vigente sobre educação indígena foi uma conquista do Movimento de Professores; e a revitalização da cultura indígena, fortalecida a partir da sua recuperação e dos direitos dos povos indígenas. Distribuir o livro às escolas de toda a Amazônia, para professores indígenas.

Atividades principais

  • Reuniões de planejamento do conteúdo com consultoria especializada
  • Escrita, editoração
  • Publicação

Contexto

O desconhecimento de sua história leva muitos jovens indígenas à negação de sua identidade. Comunidades indígenas enfraquecidas são vítimas de racismo e violência por diversos atores da sociedade. Por estes e vários outros motivos, professores indígenas identificaram a necessidade de uma ferramenta para trabalhar nas escolas identidade, cultura, tradições, costumes, pedagogias e didáticas tradicionais, bem como dar a conhecer a história e conquista de direitos na legislação, como forma de promover autoestima e incentivar a busca por direitos.

Sobre a organização

O Conselho nasceu em 1988, em Manaus, como resposta à necessidade de articular o trabalho e as lutas dos professores indígenas da Amazônia Legal no que tange a Educação Especifica e Diferenciada Indígena. Abarcando cerca de mil professores indígenas de mais de 100 etnias nos nove estados amazônicos – Acre, Amapá, Maranhão, Rondônia, Roraima, Amazonas, Mato Grosso, Tocantins e Pará –, o Copiam atua politicamente na pressão sobre os governos locais, estaduais e federal para garantir o cumprimento da legislação referente à educação indígena diferenciada nas aldeias, a aplicação dos recursos destinados aos programas de educação indígena e a qualificação das escolas e dos educadores. Representa os professores indígenas da Amazônia na Comissão dos Professores Indígenas do Ministério da Educação, e é membro do Conselho de Educação do Estado do Amazonas.

Parcerias

DKA

Resultados

Foram realizadas atividades como escolha e professores e escritores com experiência no movimento indígena; reuniões para levantamento e troca de experiências, discussão e formatação do livro proposto; reunião de subsídios e consulta bibliográfica; socialização do material produzido; entrega dos textos para digitação gráfica e digitação dos textos.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2007

Valor doado

R$ 23.892,00

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos dos povos indígenas

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais