Projetos

Cooperativa Interdisciplinar de Capacitação e Assessoria LTDA – Casa Lilás

Um novo mundo é possível: mulheres pelo fim da violência sexista

Ceará

Objetivos e público alvo

A organização propôs atuar em três bairros de Fortaleza com o propósito de diminuir os índices de violência doméstica contra as mulheres a partir da capacitação de lideranças comunitárias, articulação de políticas públicas para o enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres e criação de estratégias contra a violência sexista nas comunidades. Diretamente, serão formadas 30 lideranças femininas.

Atividades principais

  • Capacitar lideranças femininas
  • Organizar um grupo de 10 mulheres em cada bairro, com autonomia para abordar a violência doméstica e oferecer apoio a outras mulheres
  • Organizar outro grupo, que atuará diretamente no enfretamento da violência doméstica sexista no bairro por meio da publicização dos episódios de violência
  • Fazer reuniões mensais para o encontro e a troca entre lideranças

Contexto

No Ceará, no ano de 2007 registraram-se altos índices de violência doméstica cometida contra as mulheres com uma média de 40 Boletins de Ocorrência realizados por dia em só na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza. No mesmo ano, o Centro de Referência da Mulher atendeu uma média 600 mulheres em situação de violência doméstica. Observou-se a grande ocorrência nas regionais IV e V, onde o projeto propôs atuação. Chamou a atenção ainda a reincidência das mulheres que recebem atendimento e retornam diversas vezes a relação até romper definitivamente com o ciclo da violência.

Sobre a organização

Buscar diversidade, fortalecer a organização e a luta de mulheres sob a ótica do feminismo e com vistas à transformação da sociedade, à igualdade de direitos e de oportunidades são as missões da organização. Nessa direção, realiza, entre outros projetos: Formação em Gênero, Saúde Sexual e Reprodutiva, Combate à Violência para Multiplicadoras; Oficinas de Auto-estima, Saúde e Direitos; o boletim Página Lilás – informativos bimensais, objetivando contribuir para formação de mulheres e adolescentes populares; Projeto Mulheres no Semi-Árido, de incentivo ao protagonismo de 400 mulheres rurais, trabalhando o empoderamento, a auto-estima e o reforço a autodeterminação e autonomia individual e coletiva.

Parcerias

Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza
Banco do Nordeste
Coordenadoria de Política Públicas para as Mulheres da Prefeitura de Fortaleza
Petrobrás

Resultados

Melhorar o entendimento das mulheres envolvidas sobre violência doméstica e de gênero e sobre o funcionamento dos equipamentos públicos de acolhimento às mulheres vítimas de violência foi o principal resultado do projeto. Assim, formou-se um grupo de multiplicadoras das discussões e orientações. No processo de formação de lideranças femininas comunitárias, o projeto trabalhou os temas políticas de enfrentamento à violência contra a mulher, autonomia, feminismo, violência sexista, história de luta das mulheres; participação política; direitos, cidadania, gênero, auto-estima e empoderamento coletivo e pessoal. Ausente do planejamento inicial, o tema da juventude e violência doméstica foi incluído para contemplar as mulheres jovens nas atividades realizadas. Vivência em defesa pessoal, encontros com as lideranças comunitárias e a batucada que tomou conta de ruas e praças, sobretudo do Parque Santana, foram outras ações do projeto. Foi preciso aumentar o número de vagas disponíveis e incluir mais um bairro, além dos três iniciais, por demanda das mulheres dessas comunidades.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2008

Valor doado

R$ 16.772,00

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das mulheres

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais