Projetos

Grupo de Mulheres Cidadania Feminina

Rede de apoio – Mulher escuta mulher

Pernambuco

Objetivos e público alvo

O objetivo da campanha foi melhorar o acolhimento à mulher vítima de violência nos serviços competentes, orientar sobre encaminhamento de denúncias e a Lei Maria da Penha.

Atividades principais

  • Instalar tendas tamporárias de acolhimento junto às Delegacias da Mulher de Recife e Região Metropolitana
  • Lançar cartazes, folders e camisetas para divulgar a campanha
  • Produzir vídeo-síntese
  • Sensibilizar grupo de 30 mulheres ativistas

Contexto

Apesar do incentivo social a que a mulher denuncie os episódios de violência que sofre, depois de um difícil processo de fortalecimento e encorajamento, ao chegar a uma delegacia ou serviço de saúde a mulher é submetida a uma vitimização dupla: a causada pelo agressor e a violência institucional. No período em que a campanha foi proposta, o Estado de Pernambuco registrava os maiores índices de mulheres assassinadas do país: 300 por ano, das quais 95% vítimas de agressões do próprio marido e pessoas próximas.

Sobre a organização

Tem como missão defender os direitos humanos das mulheres, contribuindo para o seu fortalecimento e autonomia. Promove reuniões  temáticas com mulheres sobre cidadania de idosas, jovens e lésbicas.

A organização tem participação na Jornada Ampliada do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI e, com a Biblioteca Comunitária Maria Antônia, promove os encontros Filosofia dos Saberes e Videoteca da Cidadania. Organiza o Núcleo de Informática para Mulheres e o Núcleo de Autonomia Econômica – Cozinha Comunitária.

Parcerias

Articulação de Mulheres Negras
Conselho Estadual de Políticas para as Mulheres
Conselho Municipal da Criança e do Adolescente
Conselho Municipal da Mulher do Recife
Fórum de Mulheres de Pernambuco
Projeto Apitaço

Resultados

A campanha envolveu a sociedade na reflexão sobre os serviços de atendimento à mulher em situação de violência. Também ampliou a compreensão sobre a rota crítica que a mulher deve percorrer, onde esbarra em falta de equipamentos sociais para sua acolhida e atendimento, e sobre a importância dessa rede de apoio. O reconhecimento veio por meio da visita de 326 mulheres que passaram pelas tendas para buscar informações sobre a iniciativa e as possibilidade de envolvimento. Ocorreram ainda depoimentos públicos na imprensa sobre a necessidade de criação dos espaços de escuta solidária às mulheres dentro das delegacias.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2009

Valor doado

R$ 25 mil

Duração

6 meses

Temática principal

Direitos das mulheres

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais