Projetos

Movimento Interestadual das Cipozeiras – MIC

Cipozeiras: Mapeamento dos conflitos sociais e violação dos direitos humanos

Paraná

Objetivos e público alvo

O projeto propôs a produzir um Mapeamento Social das Cipozeiras, os conflitos socioambientais e as violações de direitos humanos a que estão expostos grupos de cipozeiras nos municípios de Garuva (SC), Itapoá (SC) e Guaratuba (PR) por meio de um processo de formação e capacitação técnica e política.

Atividades principais

  • Encontro interestadual de cipozeiras
  • Formação sobre direitos humanos e comunidades tradicionais
  • Treinamento em sistematização de dados
  • Treinamento para uso de equipamentos como GPS, gravador digital e maquina fotográfica digital para um mínimo de 10 cipozeiros
  • Visitas a 60 comunidades cipozeiras

Contexto

A pressão do agronegócio do pinus, gado de corte e monocultura de banana contra as cipozeiras levou a uma dramática redução do acesso aos recursos naturais, sobretudo o cipó-imbé com o qual produzem artesanatos como fonte de renda. Estima-se que existem pelo menos 1.000 cipozeiras em três municípios de abrangência do movimento nos Estados do Paraná e Santa Catarina. A crescente mercantilização das terras provocou avanços sobre os territórios das cipozeiras e deixou um rastro de violência, como intimidação, ameaças de morte e assassinatos de fato. O grupo se uniu em torno de suas demandas e busca lidar com dificuldades como a falta de informações sobre sua população e seus conflitos.

Sobre a organização

O movimento social representa as cipozeiras na região de Garuva e Itapoá (SC) e Guaratuba (PR). Sua missão é articular e mobilizar essas trabalhadoras e trabalhadores na defesa e promoção de seus direitos étnicos e coletivos, visando o acesso e manutenção de sua territorialidade específica.

Parcerias

Centro Missionário de Apoio ao Campesinato
Rede Puxirão de Povos e Comunidades Tradicionais

Resultados

O grupo cumpriu parcialmente a proposta inicial. Foi feita com sucesso a capacitação de 10 lideranças – mulheres, homens e jovens – para o uso de equipamentos de coleta de dados e a mobilização no sentido de cumprir a proposta de mapeamento. Foram feitas 29 visitas a comunidades – de um total de 60 propostas – e o grupo conseguiu avançar no sentido de levantar e sistematizar os principais conflitos que atingem as cipozeiras na região.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2009

Valor doado

R$ 18 mil

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das populações quilombolas e tradicionais

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais