Projetos

Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual – INBRAPI

Projeto Eg to Jykrén - pensando por nós

Distrito Federal

Objetivos e público alvo

O projeto visou levar aos povos indígenas conhecimentos sobre a Declaração Universal dos Direitos do Homem, a legislação específica para povos indígenas no cenário nacional e internacional, como a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho e a Constituição Federal. Sempre a partir das abordagens em instâncias internacionais, como a Convenção sobre Diversidade Biológica, e nacionais, como no Conselho de Gestão do Patrimônio Genético, no Ministério do Meio Ambiente.

 

Atividades principais

  • Elaboração de material didático
  • Oficinas ou encontros nas cinco regiões do país

Contexto

As áreas indígenas concentram importante variedade biológica, e os indígenas desconhecem o sistema de proteção à biodiversidade e aos conhecimentos tradicionais. Para multiplicar as informações serão formados inicialmente 250 indígenas. Eg to Jykrén será executado por profissionais indígenas qualificados, a fim de incentivar o protagonismo indígena como sujeitos de direitos humanos específicos e fortalecer a autoestima dos povos indígenas.

Sobre a organização

Tem como missão promover a articulação dos povos indígenas brasileiros para a proteção do patrimônio cultural, visando à proteção dos conhecimentos tradicionais, associados ou não à biodiversidade. O Instituto divulga sistemas legais de proteção aos direitos humanos específicos dos povos indígenas e o ordenamento jurídico nacional por meio de oficinas e seminários em junto a esses povos, qualifica líderes e publica trimestralmente o informativo Maracá, além de artigos e livros.

Parcerias

Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento
Ministério do Meio Ambiente
Núcleo de Advogados Indígenas do Brasil

Resultados

A organização realizou seminários em todas as regiões do país, com o tema direitos humanos para povos indígenas, com ênfase em biodiversidade. Também foram realizadas oficinas. Nos eventos, houve a apresentação da cartilha Direitos Humanos para Povos Indígenas e Proteção do Patrimônio Cultural, elaborada pelo Ibrapi. O grupo conseguiu o apoio da Funai, do Ministério do Meio Ambiente e da União Mundial para Conservação da Natureza, o que incluiu a doação de material didático.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2007

Valor doado

R$ 25 mil

Duração

6 meses

Temática principal

Direitos dos povos indígenas

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais