Projetos

RAProativo

RAProativo: Juventude em Resistência

São Paulo

Objetivos e público alvo

Despertar a consciência crítica de crianças e adolescentes sobre seus direitos, denunciando a violência nas periferias e a omissão no cumprimento institucional desses direitos.

Atividades principais

  • Divulgação e parceria com outras organizações.
  • Ocupação da praça.
  • Reunião de informações relevantes em um portfólio que servirá para a divulgação de novas ocupações.
  • Consolidação do projeto.

Contexto

Há um estigma histórico e opressor em relação às periferias. Isso é tão forte que a violência chega a ser justificada e tem como consequência o assassinato da juventude periférica, seja pela força pública ou como consequência da omissão no cumprimento dos direitos previstos no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). As mídias tradicionais pioram a situação ao tratar os temas de forma sensacionalista e preconceituosa. Esse desserviço “chancela” o ataque ao jovem da periferia e a sociedade já se acostumou a ver a violência. É uma guerra de um lado só.

Sobre a organização

A missão do grupo RAProativo é garantir o direito à educação musical e acesso à cultura no cotidiano das crianças e adolescentes do bairro periférico de Pirituba. O grupo também atua para gerar mecanismos de luta contra a violência histórica que atinge a juventude negra periférica por meio do RAP. O grupo tem uma relação próxima com várias escolas, coletivos e grupos da região.

Parcerias

Associação O Caminho.

Coletivo Caminho Cantante.

Associação Beneficente Betsaida.

Comunidade Villa Lobos.

Coletivo MUB.

Secretaria da Cultura de SP, por meio do programa VAI.

Linha de Apoio

Violência contra a juventude (2016)

Ano

2016

Valor doado

R$ 40 mil

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das Juventudes

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais